| Notícias |

A tradição regressa aos Montes Baldios

2017-08-11

Partilhe    

No dia 12 de Agosto, é retomado o percurso feito pelos rebanhos até há cerca de 25 anos, pelos montes baldios de Meridãos e de Sá, na Serra de Montemuro, concelho de Cinfães.

Os montes estão a voltar à vida. Pela implantação das energias renováveis, com a construção e recuperação de acessos; mas também pela crescente atenção que é dada à importância dos Baldios – tanto actual quanto histórica.

Por isso, nós, os Conselhos Directivos dos Baldios de Meridãos e de Sá, vimos apresentar a terceira edição do passeio que recria os percursos feitos pelos rebanhos dos nossos pais e avós por estes montes.
Juntando ao passeio pelas antigas rotas dos rebanhos um almoço-convívio pleno de especialidades regionais antigas e de confraternização entre gerações e entre vizinhos.

Para que a tradição volte a ser algo de vivo, não um resquício a esfumar-se na memória colectiva.
Retomando todas as práticas correntes na altura, sem esquecer o “mastigo”: bolos de farinha de milho, na sertã, e outros petiscos da época.

O programa

08:00 – Saída de Meridãos
Subida pela Rocha e passagem em Sá. Paragem no campo
da bola em Casais para “mastigo”: bolos de farinha de
milho tradicionais, na sertã, e outros petiscos da época.
Não esquecendo o famoso Bolo de Forno com Carne.
12:00 – São Pedro do Campo
Almoço: grelhada mista, incluindo Posta Arouquesa, arroz
e batatas assadas no forno de lenha, feijão preto e salada.
16:00 – Retomado o percurso rumo a Meridãos.
19:00 – Encerramento com merenda-convívio.

A História

Há algumas décadas, os montes tinham um lugar primordial na economia da nossa terra, pois era ali que pastava o gado: ovelhas, cabras, vacas e até os cavalos que serviam como meio de transporte para as gentes mais próximas da serra.

Havia também nas encostas mais produtivas as chamadas leiras, onde cada povoação do monte cavava e semeava o centeio para misturar com o milho e fazer a broa, nos tempos em que as terras eram todas cultivadas e não possuíam espaço para todas as culturas necessárias.

Com o passar dos tempos, teve lugar a migração das nossas gentes, em busca de vida
melhor. Os que ficaram já não precisavam de tanta terra e os montes foram sendo remetidos ao abandono; isto há mais de trinta anos.

Agora, estamos todos a pôr mãos à obra para resgatar todo este legado do esquecimento.

E dar mais vida aos montes.

Email: globo@fc.ul.pt
Conselho Diretivo dos Telefones: 966368537, 912881286 e 255571515

 

  #grupolobo  #lobo

 

Comentários

Deixe um comentário